Ligue: (11) 2835-6752

O que é Fibromialgia?

 

De cada 10 pacientes com fibromialgia, sete a nove são mulheres. Não se sabe a razão porque isto acontece. Não parece haver uma relação com hormônios, pois a fibromialgia afeta as mulheres tanto antes quanto depois da menopausa.

A idade de aparecimento da fibromialgia é geralmente entre os 30 e 60 anos. Porém, existem casos em pessoas mais velhas e também em crianças e adolescentes.

 

Causas

As causas da fibromialgia ainda são desconhecidas, mas existem vários fatores que estão frequentemente associados a esta síndrome. Confira:

 

  • Genética: fibromialgia é muito recorrente em pessoas da mesma família, o que pode ser um indicador de que existem algumas mutações genéticas capazes de causar a síndrome
    • Infecções por vírus e doenças autoimunes também podem estar envolvidas nas causas da fibromialgia
    • Distúrbio do sono, sedentarismo, ansiedade e depressão também podem estar ligados de alguma forma à síndrome
    • Trauma físico ou emocional: a fibromialgia às vezes pode ser desencadeada por um trauma físico, o estresse psicológico também pode desencadear a condição.

     

    O que muitas pessoas não sabem é que o tratamento pode ser através de uma técnica chamada acupuntura, que por sua vez, é um conjunto de práticas terapêuticas inspirado nas tradições médicas orientais, que tem como objetivo estimular locais por todo o corpo através de agulhas descartáveis que possuem espessura de um fio de cabelo em pontos de pressão, chamados pontos de acupuntura. As agulhas são manipuladas manualmente ou por meio de estímulos elétricos, e acredita-se que essa estimulação melhora o funcionamento do organismo.O tratamento com a acupuntura no caso da fibromialgia é associado a exercícios específicos. Por um lado, a acupuntura age por meio de estímulos dos terminais nervosos, que determina o aumento da produção de serotonina e endorfina e age como forte analgésico a partir de sua ação no sistema supressor da dor e ainda auxilia no controle emocional, agindo em seu efeito antidepressivo e anti-ansiolítico, possibilitando a regularização do sono e a diminuição da fadiga. Por outro lado, como a fibromialgia ainda não possui cura, é importante realizar um tratamento multidisciplinar, no qual a associação de tudo irá resultar em menos dores, menos sofrimento e mais qualidade de vida!

Deixe uma resposta

Fechar Menu
WhatsApp chat
Close Panel